Categorias:

Lua de mel nas Maldivas

Gastronomia / Lua de mel / Maldivas .

Depois de ficarmos 4 dias no Gili Lankanfushi, como contei no post anterior, fomos para o Hotel Baros. Tenho que falar que o nível que foi estabelecido pelo primeiro hotel foi bem alto, por ser mais exclusivo e pelo fato de você ser tratada de um jeito bem personalizado. Então, acho que no início ficamos com um pouco de birra com o Baros, por ter mais quartos, pelo bangalô ser bem menor e mais próximo do vizinho e pelo padrão da comida ser um pouco abaixo do Gili. 

Poréém, conseguimos superar este sentimento já no segundo dia, entendendo que os dois resorts tinham propostas totalmente diferentes e, no final, saímos do hotel amando a nossa estadia e os programas diferentes que pudemos fazer.

2014-02-11 04.58.05 (1)

Nosso quarto por dentro

2014-02-11 04.53.19

A Vista de fora do nosso bangalô

2014-02-11 04.52.01

A entrada para o ‘jetty’ e eu ao fundo, me achando A MODELO

2014-02-07 09.23.59

Nosso sundeck

 

Se fôssemos fazer uma comparação bem grosseira entre os dois, eu diria que o Gili tem uma proposta mais de contato com a natureza, preservando a exclusividade e sofisticação, e o Baros é totalmente voltado ao ‘luxo turístico’,  em sua infra-estrutura, com uma vibe mais de resort, mas, ao mesmo tempo, com a vida marinha ao redor da ilha sendo muito mais rica do que a do Gili.

E realmente é! Você nem precisa ir muito longe de snorkel na praia para ver um recife de coral enorme com um desfiladeiro profundo onde você pode encontrar inúmeros tipos de peixes, corais e alguns tubarões de recife, arraias e tartarugas (são 10 ao todo, e todas elas possuem nomes). Além disso, o hotel oferece várias excursões para fazer snorkel ou scuba diving em recifes próximos e também tem uma excursão de night snorkeling que é incrível para ver todas as espécies que ficam escondidas durante o dia.

2014-02-08 (18)

Minha cara de desesperada pra não encostar no coral

2014-02-08 (3)

 

Com toda a minha ‘elegância’, colocando a máscara do snorkel

lagosta gigante, que te faz pensar em tirá-la de seu habitat e levá-la ao forno

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Lionfish, super difícil de se ver de dia

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tartaruga dormindo

 

 

Ficamos também surpreendidos com a super delicadeza deles de, depois de saberem da nossa lua de mel, oferecerem um jantar à luz de velas na praia e darem de brinde um porta-retrato com uma foto nossa! Foram super atenciosos!

Jantar à luz de velas

Jantar à luz de velas

Quanto às experiências diferentes, o Baros oferece uma série de passeios, sejam eles privados ou não, para manterem você entretido um dia inteiro! A primeira que fizemos, depois da excursão de snorkel, foi o Dhoni cruise. o Dhoni é uma embarcação local super charmosa, e o passeio é feito no por do sol, com direito à Champagne Piper e canapés super gostosos. O passeio que fizemos acabou sendo privativo, o que acho que é a melhor opção, porque vocês podem ter uma experiência muito mais personalizada!

2014-02-09 10.24.11 2014-02-09 10.20.10 2014-02-09 10.19.50

Depois deste, meu marido fez uma surpresa de um almoço em um banco de areia no meio do nada, o nome é sandbank picnic lunch. O nome picnic assusta, mas, acreditem, vem muita comida!!

Chegando no sandbank, de barco

Chegando no sandbank, de barco

2014-02-11 05.37.40

Nossa mesa de almoço

Nossa mesa de almoço

2014-02-11 05.42.16

 

20140211_130837

No último dia, para fechar com chave de ouro, jantamos no restaurante signature deles, chamado ‘The Lighthouse‘, que tinha pratos deliciosos e uma vista linda para o mar e para os tubarões que passavam toda a hora!

Meu prato favorito no The Lighthouse: Bisque de lagosta

Meu prato favorito no The Lighthouse: Bisque de lagosta

É isso, gente! Espero que tenha ajudado aquelas que planejam passar a lua de mel nas Maldivas também! O próximo post é sobre a Turquia!

Beijos beijos!