Categorias:

Lugares que você TEM QUE conhecer na Nova Zelândia

Nova Zelândia .

No clima de throwback thursday, resolvi escrever um post falando sobre uma viagem que fiz há um tempo e que, ainda hoje, as pessoas me perguntam muito sobre ela. Em 2010, fiz essa viagem para a Austrália e Nova Zelândia e acabamos passando quase 1 mês viajando de carro por lá. Dividimos a viagem igualmente entre os dois países, mas, até pelo tamanho, acabamos conhecendo muito melhor a Nova Zelândia. E é sobre ela que vou falar um pouco hoje.

Nessa viagem, ficamos em muitos lugares diferentes, mas acabamos nos arrependendo de ficar em uns e outros, porque simplesmente não valia a pena. Por outro lado, houve também aqueles lugares interessantes que acabaram ficando fora da nossa rota.

Quando fomos para a Nova Zelândia, estávamos procurando um destino mais ‘aventura’. Por mais que seja um país que tenha de tudo para fazer, é um desperdício do seu tempo e dinheiro se você for para lá e não se aventurar nem um pouquinho. O ambiente e toda a atmosfera do lugar TE CONVIDAM a se aventurar o tempo todo! Trilhas, bungee jump, salto duplo e rafting na caverna são algumas das inúmeras possibilidades. Tudo com muita segurança!

Bom, então vou parar de bla bla bla e listar para vocês os lugares que ranqueei como sendo os meus favoritos na Nova Zelândia. Espero ajudar quem estiver planejando aquela viagenzinha de férias para lá (com emoção!).

Nova Zelândia

Black Water Rafting

A aventura que eu achei, de longe, a mais incrível de todas (apesar de não ter sido tãão cheia de adrenalina), foi fazer o Black Water Rafting, ou rafting na caverna, nas Waitomo Caves. A cidade de Otorohanga acaba sendo deixada de fora da maioria dos roteiros turísticos, mas, dependendo da sua rota, acho um ‘must do’ na Nova Zelândia! É um lugar para você passar só 1 dia (mas tem mais atividades nas cavernas se você quiser ficar mais de um).

Primeiro, visitamos as famosas Waitomo caves, que são cavernas incríveis, cheias de estalactites e estalagmites gigantes! Dica: leve um casaco, porque não importa o calor que estiver fazendo, é sempre muito frio nas cavernas. Passeamos em uma das várias trilhas que tem nos arredores das cavernas, que são suuuper legais e bem tranquilinhas de fazer e depois veio o que a gente estava esperando o dia inteiro: a hora do rafting! Dica: reserve com antecedência! Além do rafting, queríamos descer a caverna de rapel, mas não tinham mais vagas.

Se prepare: a água é muito fria e, mesmo no verão, as temperaturas na Nova Zelândia em geral não ficam muito altas. No rafting você usa roupas de borracha super grossas que protegem do frio, mas a água SEMPRE entra na roupa e você congela! O rafting é feito em boias individuais e você entra na caverna com elas e, quando há obstáculos, você desce da bóia e caminha um pouco para depois ir pulando mini penhascos dentro da caverna, de bóia! É imperdível! Além da emoção, em alguns pontos da caverna você desliga a sua lanterna do capacete e, quando olha pro teto, vê que ele está encoberto de ‘glowworms’, que são as minhoquinhas brilhantes!

nova zelândia

nova zelândia

Meu susto com a água congelante

Link do lugar: http://www.waitomo.com/black-water-rafting.aspx

Rotorua

Uma cidade simplesmente SURREAL e totalmente vulcânica e cheia de atividades termais! Quando você está chegando de carro, já sente aquele cheiro horrível de enxofre (aka ovo podre) e vê fumaças saindo do chão em vários lugares.

Há vários parquer termais na cidade de Rotorua. Fomos nos principais, que são o Whakarewarewa (fácil lembrar, não?), Waiotapu, que é onde tem a famosa Champagne Pool e Waimangu, que é onde tem o Inferno Crater. Se você quiser ver gêiseres em ação, vá primeiro no Whakarewarewa, pois é lá que estão os principais gêiseres de Rotorua e eles tem horários de atividade, então fique atento para não perdê-los!

geiser thermal champagne pool nova zelandia

Taupo

Todos falam que os melhores bungee jumps estão em Queenstown e que a aventura é só lá. Mas não! O bungee jump de Taupo é só um pouquinho mais baixo que os demais, mas, além de ser mais barato e menos cheio, tem uma vista linda para o Waikato river, que passa embaixo dele! Além disso, nas redondezas do Bungee tem várias trilhas legais para se fazer, além de ter o Lake Taupo, que é maravilhoso! Fizemos algumas trilhas do Waikato river trails e visitamos uma estação de ski, que estava desativada no verão. A estação é até bonita, e tal, mas não vale a pena perder tempo lá.

nova zelandianova zelandia

 

Pancake Rocks

Ficam localizadas na Ilha do Sul da Nova Zelândia, em Punakaiki, no Paparoa National Park. São construções rochosas super diferentes e com respiradouros enormes no meio das rochas. O lugar é incrível, tem algumas praias rochosas para você dar uma caminhada depois e onde você pode ter encontros eventuais com pinguins, tanto na estrada, quanto na praia.

pancake rocksnova zelandia nova zelandia

 

Westland National Park (Tai Poutini)

Cheio de lagos lindos, geleiras, fiordes, trilhas e paisagens de tirar o fôlego, o Westland National Park é outro must do na Nova Zelândia. Visitamos o parque e seus Glaciers na nossa viagem entre Hokitika (quando também visitamos o Arthur’s Pass Nat. Park) e Haast (fizemos a viagem nos hospedando em cidades pequenas e visitando tudo no caminho entre elas), que são duas cidadezinhas bem pacatas e tranquilas. É bem recomendado que você visite o parque de carro (os outros passeios também, mas esse ainda mais), porque os lagos e geleiras são bem distantes uns dos outros. Visitamos e amamos a Fox Glacier e a Franz Joseph Glacier (são duas geleiras) e também conhecemos os lagos Matheson e Gault.

P1010236 P1010220 P1010227

Milford Sounds

Quando você estiver em Queenstown, vale a pena pegar uma excursão para ir até os Milford Sounds. Eles incluem o transporte até o porto e o tour no barco. Você passa bem perdo dos fiordes e montanhas e consegue ver os vários leões marinhos que ficam nos pequenos montinhos. É muito legal e vale a pena fazer o passeio!

nova zelandianova zelandia

Queenstown

Não que precise de alguma recomendação, mas em qualquer lista da Nova Zelândia, você tem que incluir Queenstown. A cidade é linda, tem um lago maravilhoso, coisas para fazer na cidade, ótimos restaurantes, lojas, muuuitos esportes de aventura, além de ter a atmosfera super jovem e animada! Como já fazem 4 anos que nós fomos lá, não vou arriscar recomendar algum restaurante ou hotel, porque eles podem já não existir mais ou não ter a mesma qualidade. Mas recomendo muito a empresa com a qual saltamos de para-quedas, que é super segura e confiável. é a Nzone Sky diving.

nova zelandia

Dicas e observações gerais

Na viagem, fomos também a outras cidades, como Auckland, Christchurch e outras menores. Mas não acho que tenha necessidade de falar muito delas, porque são cidades comuns e não carregam muito aquela essência ‘natureza e aventura’ que é intrínseca à Nova Zelândia!

Quando forem fazer o transporte de uma grande ilha para a outra, fique atento ao preço se você estiver de carro. Na época, fizemos as contas e valia mais a pena ir de avião, porque com só duas pessoas no carro, o valor do Ferryboat fica muito elevado. Mas se você dividir com mais de três pessoas, acho que o valor fica mais bem distribuído e, daí, vale a pena fazer a travessia de carro

Durante a viagem, vi muitas famílias e casais viajando com trailer e motor home. Depois que voltamos, descobrimos que essa é uma das maneiras mais comuns de turismo na Nova Zelândia e, enquanto estávamos lá, realmente vimos muuuuitos espaços reservados para quem iria passar a noite com o trailer. Eles oferecem uma infra-estrutura muito boa de espaços para pique-niques, banheiros etc.

Se estiver de carro, muuuito cuidado com os animais na pista! Volta e meia víamos esquilos atropelados e estraçalhados na rua (assim como o perigo das estradas australianas é o canguru).

Ficamos muito frustrados com os Malborough sounds e com o Abel Tasman National Park, na ilha do sul. Achávamos que iria ser super paradisíaco, mas é bem desanimante! Não recomendo. Inclusive, uma das praias do Abel Tasman tinha uma estrada super perigosa para chegar nela. Glenorchy foi outra cidade que desapontou. Porém, se você pegar o tour certo, pode ter uma imersão nos cenários do Senhor dos Anéis.

Leve variedades de roupas para várias temperaturas diferentes. Na Nova Zelândia, você tem montanhas e glaciares bem perto de praias.

Sempre fique atento aos mirantes nas estradas. Quando você menos esperar, pode se deparar com uma paisagens suuuuper lindas!

Sempre ande com seu livrinho guia da Nova Zelândia, porque às vezes você está perto de uma cidade que nem sabe que pode ser linda.

nova zelandia

 

nova zelandia

Espero que tenham gostado! Beijinhos